Baús de Leitura “6 Pontos a Dançar, Contos vão Contar” – Pontos de Honra (continuação)

Ponto de Honra nº5: Acessibilidade

Acreditamos que é importante criar livros adequados ao contexto percetivo da criança com cegueira. Acreditamos de igual forma, que isso significa procurar modelos de ilustração tátil que se afastem da cultura visual e se aproximem de experiências multissensoriais, propriocetivas e cinestésicas (modelo háptico). Trata-se da apropriação do objeto ilustrado de maneira sensorial, interativa e lúdica.

Valorizamos de igual forma, formatos alternativos para mediar histórias: áudio, caixa de histórias, jogos corporais, dramatização…

Procuramos que o livro e, toda e qualquer forma de mediação de leitura, sejam uma janela para o mundo.

sale-temps

Fotografia de uma janela, pintada a verde água, com dois vidros: em baixo vidro fosco, em cima vidro transparente. Desenho de menina, a carvão, que olha pelo vidro de cima. Trabalho da ilustradora francesa, Nathalie Choux.

Deixe uma Resposta

Preencha os seus detalhes abaixo ou clique num ícone para iniciar sessão:

Logótipo da WordPress.com

Está a comentar usando a sua conta WordPress.com Terminar Sessão /  Alterar )

Google photo

Está a comentar usando a sua conta Google Terminar Sessão /  Alterar )

Imagem do Twitter

Está a comentar usando a sua conta Twitter Terminar Sessão /  Alterar )

Facebook photo

Está a comentar usando a sua conta Facebook Terminar Sessão /  Alterar )

Connecting to %s