Caixa de Histórias: “O melhor presente do mundo”

Na manhã de Natal, resta um presente por abrir debaixo da árvore de Ema e do Urso. Para seu espanto, não é para nenhum dos dois. Imbuídos de espírito natalício, partem numa aventura para encontrar o seu verdadeiro destinatário.

Estavam longe de imaginar que, dentro do embrulho, se encontrava o melhor presente do mundo!

Sinopse, O melhor presente do mundo, editora Minutos de Leitura

A história “O melhor presente do mundo” de Mark Sperring e Lucy Fleming da editora Minutos de Leitura foi adaptada para o formato caixa de histórias. Para esta adaptação, juntámos os principais elementos da história.

  • Personagens – Ema, Urso e Coelhinho (peluches representativos);
  • Casa do Coelhinho (estrutura em cartão);
  • Presente com bilhete (caixa embrulhada com o respectivo bilhete a negro e braille);
  • Placas que indicavam o caminho (placas de diferentes cores e texturas , com mensagem a negro e a braille).

Ao longo da leitura história, a criança com cegueira teve oportunidade de contactar com estes materiais. A história foi preparada para a experimentação ativa da criança. Por exemplo quando os personagens liam as placas que indicavam o caminho até à casa do Coelhinho, a criança tinha acesso a uma placa com o texto em braille; quando o Coelhinho desembrulha o presente, a criança tem oportunidade de desembrulhar um presente cedido pelos adultos mediadores. Desta forma, a criança não tendo acesso às imagens, tem um conjunto de referenciais  fornecidos pelos objectos/artefactos de referência. Há, assim, oportunidade da criança explorar com os sentidos, através de comportamentos de experimentação ativa (tocar, ler, desembrulhar, carregar, bater à porta, etc.). A leitura da história é feita ao ritmo das ações da criança!

67

5.JPG

A adaptação da história contou, ainda, com um percurso onde se pretendeu simular o percurso realizado pela Ema e o Urso para chegar a casa do Coelhinho, simulando-se: o caminho traiçoeiro com descidas inclinadas (simulado com cunha); o vento tempestuoso (adultos mediadores sopram sobre as crianças); grandes bancos de neve (superfície irregular de esponja que afundava).

4.JPG

123

Num próximo artigo, serão apresentadas as imagens das mediações de leitura realizadas nos contextos naturais, bem como alguns aspectos trabalhados com a história.

Até breve!

Deixe uma Resposta

Preencha os seus detalhes abaixo ou clique num ícone para iniciar sessão:

Logótipo da WordPress.com

Está a comentar usando a sua conta WordPress.com Terminar Sessão /  Alterar )

Google photo

Está a comentar usando a sua conta Google Terminar Sessão /  Alterar )

Imagem do Twitter

Está a comentar usando a sua conta Twitter Terminar Sessão /  Alterar )

Facebook photo

Está a comentar usando a sua conta Facebook Terminar Sessão /  Alterar )

Connecting to %s