Toque Ativo nas Primeiras Idades

É de conhecimento geral que o toque é essencial para crianças com cegueira, de forma a que reúnam informações sobre o meio e realizem todas as tarefas diárias. O toque fornece informações não só sobre as características dos objetos (forma, tamanho e textura), mas também sobre aspetos funcionais dos mesmos, nomeadamente no que concerne à possibilidade de serem usados ​​como ferramentas. Além disso, no quotidiano as competências táteis são essenciais para que a criança seja autónoma e tenha uma vida o mais independente possível (Withagen et al., 2010).

Tendo em conta as premissas exploradas anteriormente, é importante estimular a criança em diversas atividades manipulativas de forma a que a criança desenvolva o toque ativo (háptico).

A criança deve ser curiosa do ponto de vista tátil e o adulto deve promover essa curiosidade. Abaixo seguem exemplos de materiais que podem despertar a vontade de tocar e manipular.

Bolas, animais e cubos sensoriais: com formatos distintos, cores e tamanhos, este material é adequado a crianças mais pequenas (bebés). São concebidos em textura macia, leve, fácil de segurar e manipular por mãos pequeninas. Este material pode ser interessante para que o bebé perceba a diversidade de formas, desenvolva a coordenação bimanual e destreza.

Caixas Musicais de empilhar: Uma verdadeira orquestra! Se a criança apreciar o estímulo sonoro, este material vai também incentivá-la a tocar. As caixas de música encaixáveis permitem que a criança toque bateria, xilofone, maracas, reco-reco e pratos! Empilháveis, permitem e manipulações distintas de forma a produzir sons. As caixas de diferentes tamanhos permitem ainda que a criança desenvolva conceitos de grandeza, ordem/sequência e memória auditiva.

Caixa com formas geométricas e magnéticas: Nesta pequena caixa, a criança vai encontrar diferentes formas, com as quais poderá associar formas iguais, reproduzir sequências e padrões, representar esquemas ou mapas, realizar contagens ou até criar novas formas inventadas em exercício criativo. Fáceis de colocar pois são magnéticas, estas peças facilita a organização espacial da criança com cegueira; por se fixarem numa posição, será mais fácil para a criança ter um referencial.

Aqui ficaram 3 exemplos de brinquedos que despertam a curiosidade tátil e o toque ativo, para várias fases do desenvolvimento/faixa etária da criança. Brinquem muito!

Bibliografia:

Tactile Functioning in Children Who Are Blind: A Clinical Perspective, acesso em: https://www.tactielprofiel.nl/VisioTP/media/VisioTP/Documenten/Tactile-functioning-in-children-who-are-blind.pdf

Deixe uma Resposta

Preencha os seus detalhes abaixo ou clique num ícone para iniciar sessão:

Logótipo da WordPress.com

Está a comentar usando a sua conta WordPress.com Terminar Sessão /  Alterar )

Google photo

Está a comentar usando a sua conta Google Terminar Sessão /  Alterar )

Imagem do Twitter

Está a comentar usando a sua conta Twitter Terminar Sessão /  Alterar )

Facebook photo

Está a comentar usando a sua conta Facebook Terminar Sessão /  Alterar )

Connecting to %s